Pular para o conteúdo

Aché lança opção acessível para o tratamento da hipertensão

by em 07/11/2012

O Aché acaba de lançar o Bravan (valsartana), ampliando o portfólio de opções na área de cardiologia para os médicos brasileiros. O medicamento é indicado para o tratamento da hipertensão arterial, insuficiência cardíaca e pós infarto.

A valsartana pertence à classe dos Bloqueadores dos Receptores AT1 da Angiotensina II, e possui amplo respaldo científico baseado em grandes estudos clínicos multicêntricos, sendo atualmente um dos medicamentos mais bem conhecidos e utilizados pelos médicos.

A Hipertensão tem alta prevalência e é um dos principais fatores de risco cardiovascular, constituindo-se num sério problema de saúde pública no Brasil e no mundo. Estudos estimam que a prevalência de hipertensão no Brasil seja, em média, de 32,5% para a população adulta, chegando a mais de 50% para a faixa de 60 a 69 anos e de 75% para indivíduos acima de 70 anos.

O mercado de hipertensão no Brasil já ultrapassa a marca de R$ 4,8 bilhões nos últimos 12 meses (PMB IMS Ago/2012), ficando entre os maiores da indústria farmacêutica. Nesse cenário, a substância de Bravan (valsartana) se destaca com evolução de 23% no mesmo período.

Bravan possui alta eficácia anti-hipertensiva e excelente tolerabilidade, proporcionando um rápido controle dos níveis de pressão arterial, sem a ocorrência de efeitos adversos importantes. Além disso, favorece a adesão e a continuidade do tratamento pelos pacientes e, consequentemente, preserva a qualidade de vida e reduz a possibilidade de ocorrência de complicações cardiovasculares.

Essa nova opção do Aché para o tratamento da hipertensão alia qualidade com um custo acessível, apresentando preço inferior aos genéricos da mesma substância. Com sua flexibilidade de apresentações, Bravan constitui-se numa excelente opção para auxiliar os profissionais de saúde brasileiros na difícil tarefa que envolve a prevenção e o tratamento das doenças cardiovasculares, reduzindo as elevadas taxas de morbidade e mortalidade.

Fonte: Febrafar

From → Notícias

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: